Três municípios do Paraná – Paranaguá, São José dos Pinhais e Curitiba – estão entre 20 cidades brasileiras que mais operaram no mercado internacional no primeiro trimestre do ano. O levantamento foi divulgado nesta sexta-feira (11) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e relaciona 2.181 municípios brasileiros.

Paranaguá, por conta do Porto, vendeu ao mercado mundial US$ 726 milhões nos três primeiros meses do ano, o que lhe rendeu a sexta colocação no ranking brasileiro. A segunda cidade paranaense que mais exportou no período foi São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

De janeiro a março, São José dos Pinhais exportou US$ 494 milhões, por causa da indústria automobilística. O município aparece em 17º no ranking nacional. Curitiba foi a terceira cidade do Paraná que mais exportou no trimestre, quando alcançou um resultado de US$ 456 milhões.

Segundo os dados disponibilizados pelo Ministério do Desenvolvimento, as exportações brasileiras somaram US$ 38,689 bilhões e as importações US$ 35,854 bilhões.

Cinco cidades do estado de São Paulo estão entre as 10 maiores exportadoras brasileiras de janeiro a março. A principal exportadora foi a capital que, no trimestre, exportou US$ 1,673 bilhão. Em seguida vieram São José dos Campos (US$ 1,509 bilhão) e São Bernardo do Campo (US$ 999 milhões), segundo e terceiro municípios no ranking nacional.

Santos apareceu na quarta posição estadual e na oitava nacional com exportações de US$ 633 milhões, e Guarulhos ? quinta colocação no ranking paulista e décima no brasileiro ? com embarques no valor de US$ 607 milhões no trimestre.

Angra dos Reis e a cidade do Rio de Janeiro obtiveram os quarto e quinto melhores desempenhos nacionais com exportações de US$ 836 milhões e US$ 799 milhões nos três primeiros meses do ano, respectivamente.

Depois de Paranaguá, aparece Itajaí (SC), com embarques de US$ 711 milhões. O nono melhor desempenho no período foi da mineira Itabira com exportações de US$ 617 milhões de janeiro a março.