Os automóveis vão encolher cada vez mais na Europa. As montadoras preparam para os próximos anos o lançamento de um número recorde de carros compactos. Muitos deles estão à mostra no Salão do Automóvel de Frankfurt, Alemanha, aberto ao público ontem. Além dos chamados "carros verdes", que dão o tom ao evento, os compactos estão presentes nos estandes das marcas mais tradicionais.

O mercado europeu conta com várias opções de compactos, conhecidos como carros para a cidade (city cars) como o Smart, da Mercedes-Benz, o Fiat 500 e o BMW Mini. Vários fabricantes estão ampliando a oferta de produtos. A Toyota apresentou seu modelo conceito iQ, com capacidade para três adultos e uma criança. Mede 2,98 metros, 28 centímetros a mais que o Smart e 56 centímetros a menos que o Fiat 500. O menor modelo fabricado no Brasil é o Ka, que mede 3,68 metros. O Picanto, importado pela Kia, mede 3,5 metros.

No ano passado, as vendas de carros compactos no mercado europeu cresceram 20%, segundo o vice-presidente da Toyota na Europa, Thierry Donbreval. "O desenvolvimento de carros pequenos atende a um receptivo e crescente mercado." Os carros pequenos representam 27% das vendas na Europa. Outro compacto conceito é o up!, apresentado pela Volkswagen, com 3,45 metros de comprimento. A empresa acredita que o modelo poderá fazer tanto sucesso quanto o Fusca. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.