Ministros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) concordaram nesta quarta-feira em manter o atual nível de produção do grupo, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

A decisão, que já era esperada, veio apesar de preocupações sobre o nível adequado de oferta global. A Líbia tem mostrado dificuldades de ampliar sua produção em meio a turbulências domésticas. Ao mesmo tempo, o crescimento global – e, consequentemente, a demanda por petróleo – está ganhando força.

A Opep, que está realizando sua reunião semestral em Viena, decidiu manter o teto de sua produção em 30 milhões de barris por dia, disseram as fontes. A Opep é responsável por cerca de um terço da produção mundial de petróleo. Fonte: Dow Jones Newswires.