A oferta de imóveis para locação está crescendo cada vez mais em Curitiba. Mas a maior oferta não significa preços mais baixos. Segundo Luiz Fernando Gottschild, presidente do Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário (Inpespar), a valorização dos imóveis nos últimos anos tem impedido a queda no preço do aluguel.

“A oferta tem aumentado bastante, com a entrega de novos empreendimentos nos últimos dois anos. Muita gente comprou para residir, mas também investidores interessados em relocar. Como o preço de venda dos imóveis subiu muito, o aluguel também subiu. Mas a tendência para os próximos é de estabilização”, diz Gottschild.

Em Curitiba, os apartamentos mais procurados para locação são de dois a três dormitórios, com área entre 60 e 100 metros quadrados. “A maior demanda é por parte de solteiros e famílias pequenas”. O preço do aluguel de um apartamento com essas características pode variar mais de 400%, entre R$ 500 e R$ 2.500.

A região central da cidade é onde está a maior oferta e demanda por casas e apartamentos para aluguel. “Regiões próximas a escolas, cursinhos e faculdades são muito requisitadas por estudantes e famílias com filhos em idade escolar. Esse é um fator importante de valorização dos imóveis e também dos aluguéis”, ressalta o presidente.