Funcionários da Casa Branca disseram hoje que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai nomear John Bryson, ex-presidente do conselho de administração da empresa de energia Edison International, para ser o novo secretário do Comércio do país. Bryson aposentou-se em 2008 da Edison International, que controla a Southern California Edison e o Edison Mission Group. Atualmente, ele é um dos 20 conselheiros seniores da Kohlberg Kravis Roberts (KKR).

Bryson também é um dos fundadores da organização de defesa do meio ambiente Natural Resources Defense Council e foi membro do Grupo de Assessoria do Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Mudança Climática. Recentemente, foi integrante do Painel Assessor sobre Adaptação Climática do então governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger. Em 2008, seu nome estava entre os cogitados para o cargo de secretário de Energia.

A nomeação de Bryson, prevista para esta hoje, poderá enfrentar obstáculos para ser aprovada pelo Senado. Vários senadores do Partido Republicano duvidam da teoria de que a atividade humana está acusando uma mudança climática global. Além disso, a bancada republicana no Senado já prometeu bloquear qualquer nomeação para o Departamento do Comércio até que Obama submeta ao Congresso, para ratificação, três acordos de livre comércio que estão pendentes. Caso seu nome seja aprovado, Bryson vai substituir Gary Locke, que está deixando o cargo para ser o novo embaixador dos EUA na China. As informações são da Dow Jones.