A construção de prédios, condomínios, hotéis e shoppings valoriza o imóvel. No bairro Ahu, por exemplo, com a saída confirmada do Presídio do Ahu e a transformação do prédio no Centro Judiciário, a região da Avenida Anita Garibaldi, principal eixo de ligação dos bairros Boa Vista, Barreirinha, Cabral, Juvevê e Centro Cívico, receberá uma das maiores mudanças urbanas pontuais dos últimos anos. Estruturas antes envelhecidas começam a ser reformadas e ceder lugar a pontos de comércio e o público que circula no bairro, até então de caráter estritamente residencial, também irá mudar, uma vez que haverá a circulação de advogados, promotores, executivos, dentre outros profissionais, abrindo espaço para a instalação de um comércio variado, voltado a um público de maior poder aquisitivo.

Segundo dados de uma pesquisa realizada pela Invespark Empreendimentos Imobiliários, com esta única alteração, os imóveis da região devem alcançar valorização na ordem de 23%. A empresa é responsável pela construção do Centro Comercial Anita Garibaldi, que fica a poucas quadras do prédio da Justiça Federal e do futuro Centro Judiciário, mais precisamente, ao lado da igreja Medianeira. As obras serão concluídas ainda no primeiro trimestre de 2007.

Outro exemplo é a construção do Palladium Shopping Center Curitiba, no bairro Portão. Também considerado um bairro residencial, hoje tem boas opções no comércio local, mas tem poucos investimentos em comércio de grande porte. O Palladium será o maior da região Sul, com 182.400 m2 de área construída. O investimento total no empreendimento é de R$ 110 milhões. Serão 356 lojas, dez salas de cinema e um estacionamento para 2,8 mil veículos, o que fatalmente irá promover a valorização dos imóveis da região.