O ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa levantou nas redes sociais uma crítica ao PT sobre o posicionamento do partido em relação à reforma da Previdência. Ele sugeriu, em uma mensagem no Twitter, que o “novo PT” – após a derrota eleitoral – “deixe de condenar no plano federal o que defende nos governos estaduais”.

No dia anterior, o ex-ministro do governo Dilma Rousseff elogiou o governador da Bahia, Rui Costa (PT), por ampliar de 12% para 14% a alíquota de contribuição previdenciária para servidores.

“Reformas são necessárias, mas não há forma única de fazê-las e esta diferença é fundamental para construir uma proposta de governo progressista (para todos)”, escreveu Barbosa, nesta quarta-feira, 12.