A comemoração do dia internacional do Consumidor, 15 de março, não poderia ser melhor: o Procon-PR (Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor) realizará a partir do meio-dia da próxima terça-feira, dia 11, um multirão de audiências para agilizar os casos que estão em tramite. Cerca de 2 mil processos em audiência devem ser resolvidos durante os três dias de trabalho reforçado. A intensificação do trabalho é inédita, mas o Procon-PR está prevendo que novos mutirões sejam realizados a cada quatro meses para não acumular as audiências de processos.

Para Algaci Tulio, coordenador estadual do Procon, a prioridade é acabar com as pendências e com a demora de resolução dos processos. “Minha política é provocar soluções rapidamente”, afirma Tulio. A demanda de reclamações diárias registradas pelo Órgão ultrapassa a casa dos cem. As cabines de atendimento não vencem resolver os casos de todos os consumidores. Mesmo com 70% deles resolvidos por telefone, a quantidade que necessita de atendimento pessoal é grande e acaba gerando o adiamento das audiências. O tempo de espera varia entre três e seis meses, uma demora considerada grande segundo Algaci.

“Com a nova tática o cidadão paranaense deverá obter um serviço mais rápido e eficaz em defesa dos seus direitos como consumidor”, espera.

A abertura oficial do mutirão será as 11h30 do dia 11 de março, na Sociedade Dom Pedro II, com a presença do governador Roberto Requião e do Secretário da Justiça, Aldo José Parzianello. O encerramento está previsto para as 12h do dia 14, sexta-feira. O expediente do Procon-PR durante o trabalho paralelo será normal.