O ministro de Finanças da França, Pierre Moscovici, afirmou que pressionará seus colegas da zona do euro, que formam o Eurogrupo, a liberar a ajuda prometida para a Grécia. Antes da reunião dos ministros em Bruxelas, Moscovici disse que as conversas nesta segunda-feira foram “animadoras” e que ele acredita que “existe base para um acordo político”.

A autoridade disse que defenderá um acordo para que o desembolso seja feito “até o fim do mês”. De todo modo, Moscovici observou que “ainda existe progresso a ser feito”.

Mais cedo a troica – formada pela Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Central Europeu (BCE) – informou que chegou a um acordo preliminar com Atenas sobre as reformas necessárias em troca do desembolso de cerca de 8 bilhões de euros ao país. Fonte: Market News International.