O ministro de Finanças da França, Pierre Moscovici, defendeu nesta segunda-feira a estratégia econômica do governo, dizendo que ela garante o equilíbrio entre os esforços para reduzir o déficit fiscal e a necessidade de evitar que se prejudique o crescimento do país.

“Minha convicção absoluta é que a França está no caminho certo”, disse Moscovici, antes de seguir para uma reunião do Eurogrupo, formado por ministros de Finanças da zona do euro.

Moscovici citou uma previsão feita mais cedo pelo Banco da França. O banco central do país agora estima que o Produto Interno Bruto (PIB) francês cresceu 0,2% no segundo trimestre, uma ligeira melhora ante a previsão anterior de expansão de 0,1%. A economia francesa entrou em recessão no primeiro trimestre, que foi o segundo seguido de contração do PIB.

Sobre a Grécia, Moscovici disse que o anúncio feito nesta segunda-feira de que Atenas fechou um acordo técnico com seus credores para medidas econômicas foi “animador”, embora mais esforços sejam necessários, particularmente no que diz respeito à reforma administrativa.

O Eurogrupo deve discutir hoje a liberação de mais uma parcela do programa de ajuda da Grécia. Fonte: Dow Jones Newswires.