Brasília – O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse nesta terça-feira (6) que as empresas transnacionais terão de respeitar as normas e as leis bolivianas para garantir o investimento no país vizinho. Em 12 de dezembro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontra-se com o colega boliviano em La Paz para tratar de acordos bilaterais de energia.

Morales afirmou que o fechamento de um acordo de energia com o Brasil seria positivo e que a experiência pode ser repetida com outros países. "Teremos que debater o investimento e esperamos que esses acordos sejam fechados Estado por Estado", disse o boliviano.

O presidente Evo Morales não descarta a presença de empresas transnacionais. No entanto, ele ressaltou que as companhias precisarão respeitar as normas e as leis bolivianas, além de garantir o investimento correspondente.

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, está na Bolívia e tem encontro com o ministro boliviano de Hidrocarbonetos, Carlos Villegas. O encontro foi marcado depois do anúncio de que a estatal brasileira estuda fazer novos investimentos na Bolívia.

*Com informações da Agência Boliviana de Informação