São Paulo

– As montadoras instaladas no País registraram, em outubro, o maior volume de produção e de venda de veículos desde maio de 2001. No mês passado, foram fabricados 169.881 veículos. O crescimento foi de 30,1% em relação a outubro de 2001 e de 12,9% em relação a setembro deste ano. Em maio do ano passado, foram produzidos no país 198,4 mil veículos.

O aumento da produção acompanhou o crescimento da demanda. As vendas de veículos nacionais e importados no atacado – das indústrias para as concessionárias – cresceram 33,4% em outubro, em relação ao mesmo mês do ano passado. Em outubro deste ano, foram vendidos no atacado um total de 149.095 veículos nacionais e importados.

Na avaliação do presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Ricardo Carvalho, o aumento foi causado pela maior quantidade de dias úteis e pelo menor nível de estoque. Em outubro, segundo ele, foram 23 dias úteis, contra 21 em setembro, que resultaram em maior produção por parte das montadoras e mais vendas.

Em outubro, os carros populares (com motor de 1.000 cilindradas) registraram a menor participação no mercado brasileiro neste ano, com 56,6% das vendas. A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados para carros médios, em vigor em agosto, está provocando uma alteração no perfil das vendas.