Brasília – O novo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Miguel Jorge, recomendou aos funcionários do MDIC que continuem trabalhando normalmente, segundo informação da assessoria de imprensa do ministério. Entre quinta-feira, quando tomou posse, e ontem, Jorge teve as primeiras conversas com os assessores do ministério, para conhecer melhor as secretarias, os projetos em andamento e a agenda de missões herdada do ministro anterior, Luiz Fernando Furlan.

De acordo com a assessoria, Jorge destacou para seus novos comandados o fato de que, sempre que assumiu postos de comando na iniciativa privada, evitou fazer grandes e bruscas mudanças no corpo de funcionários. O ministro teve anteontem um encontro com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Demian Fiocca, a quem, segundo a assessoria do ministério, teria dado a mesma recomendação que fez aos secretários: continuar trabalhando normalmente.

Miguel Jorge informou que terá o poder de nomear o presidente do BNDES e sua diretoria, prerrogativa que o seu antecessor não tinha. A declaração reforçou as especulações sobre eventual substituição de Fiocca, indicado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, embora Jorge tenha dito que ainda não pensou no assunto e que só tomará uma decisão depois de uma visita ao BNDES, no Rio de Janeiro, para conversar com Fiocca e a diretoria da instituição.