O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, afastou nesta segunda-feira (23) a possibilidade de risco sistêmico no setor de frigoríficos. Ele disse que questões pontuais prejudicam o desempenho de algumas empresas. O ministro afirmou que o governo está estudando linhas de crédito para os frigoríficos que estão em dificuldade, mas não há nenhuma definição sobre o assunto.

Ao participar de uma solenidade em comemoração ao Dia Meteorológico Mundial, o ministro informou que estão disponíveis linhas de crédito gerais, tanto para exportação como para capital de giro. “Mas algumas empresas têm questões pontuais”, afirmou. “Nós (governo) ainda desconhecemos a profundidade dessas questões (problemas) e, em alguns casos, as razões”, comentou. Ele lembrou o debate realizado na semana passada no Senado e disse que houve “inconsistência” nas informações ou “até falta de consenso sobre o que fazer”.