O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, repetiu nesta quinta-feira, 11, que acredita que o Congresso está cada vez mais consciente da necessidade das reformas, como a trabalhista e a da Previdência.

Para o ministro, o importante é que as reformas façam sentido. “Sobre a Previdência, o importante é que o Brasil não quebre e que consiga pagar a aposentadoria. Sobre a Trabalhista, o importante é que a reforma permita a todos terem um trabalho justo e ter emprego. Precisamos ter um País com emprego para todos e segurança de que todos irão receber a aposentadoria”, afirmou, após participação no programa Agora Brasil, na sede da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Para o ministro, a aprovação da reforma da Previdência ainda no primeiro semestre deste ano seria importante para dar confiança para a economia.

“Agora, se porventura não houver aprovação nesse primeiro semestre, e for aprovado só em agosto, é importante também porque é uma reforma para décadas”, acrescentou Meirelles. “Temos que resolver isso de uma vez por todas”, concluiu.