A Receita Federal liberou hoje o pagamento do segundo lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física 2011 (ano-calendário 2010). Ao todo, serão sete lotes neste ano. As restituições serão creditadas para 1,6 milhão de contribuintes, totalizando R$ 1,9 bilhão. O valor já está acrescido da taxa básica de juros, a Selic, de 2,95 % (referente ao período entre maio e julho de 2011). Desse montante, 24.015 contribuintes foram beneficiados pelo Estatuto do Idoso, totalizando R$ 66,7 milhões.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar o site da Receita ou ligar para o telefone 146 e informar o número do CPF. A restituição ficará disponível no banco durante um ano.

O lote inclui devoluções residuais de 2010, 2009 e 2008, que também são creditadas hoje. No exercício de 2010, 31.186 contribuintes receberão R$ 60,7 milhões, com Selic de 13,10%. Já no de 2009, serão 10.229 pessoas contempladas, totalizando R$ 17 milhões, já atualizados em 21,56%. Por fim, o lote de 2008 beneficiará 6.120 declarantes, somando R$ 12,9 milhões, corrigidos em 33,63%.

O contribuinte pode acompanhar online o processamento da declaração, além de verificar pendências e corrigir dados incorretos. Para isso, é necessário fazer um código de acesso ao Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-cac). Também é possível receber pelo celular, via mensagem de texto, um aviso sobre o depósito da restituição.

A restituição do primeiro lote do imposto de renda foi liberada em 15 de junho. As demais restituições estão previstas para as seguintes datas: terceiro lote (15 de agosto), quarto lote (15 de setembro), quinto lote (17 de outubro), sexto lote (16 de novembro) e sétimo lote (15 de dezembro de 2011).