Após subirem na quinta-feira, 13, os juros futuros recuam na manhã desta sexta-feira, 14, alinhados ao movimento do dólar ante o real, em dia também mais tranquilo no exterior em relação ao coronavírus. Além disso, o Índice de Atividade do Banco Central (IBC-Br) caiu 0,27% em dezembro ante novembro, o segundo recuo mensal consecutivo, o que reforça o cenário de fraca retomada econômica.

Às 10h33, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2021 estava em 4,240%, de 4,261% no ajuste de quinta.

O DI para janeiro de 2022 estava em 4,78%, de 4,83%, enquanto o DI para janeiro de 2025, o mais líquido, estava em 6,05%, de 6,08 no ajuste anterior.