Em sintonia com a alta do dólar ante o real e outras moedas emergentes, os juros futuros exibem viés de alta na manhã desta quinta-feira, 30, em dia de mais nervosismo global por causa da disseminação do coronavírus.

Às 10h26, a taxa do depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2021 estava em 4,360%, de 4,340% no ajuste de ontem.

O DI para janeiro de 2023 exibia 5,54%, na máxima, de 5,49%, enquanto o vencimento para janeiro de 2025 marcava 6,23%, na máxima, de 6,18% no ajuste anterior.