Os juros dos bônus da Alemanha renovaram mínimas históricas hoje, um dia após o Banco Central Europeu (BCE) reafirmar seu compromisso de comprar amplos volumes de bônus soberanos numa tentativa de estimular a recuperação econômica da zona do euro.

Ontem, o presidente do BCE, Mario Draghi, afirmou que o programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês) iniciado em março prosseguirá até pelo menos setembro de 2016, como já estava previsto. Pelo plano, o BCE deverá comprar até 1,1 trilhão de euros em ativos, compostos principalmente por bônus de governos.

Mais cedo, o rendimento do bund alemão de 10 anos tocou a mínima histórica de 0,088%, enquanto o do bund de 30 anos recuou ao nível, também inédito, de 0,468%. Fonte: Dow Jones Newswires.