O Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) decidiu reduzir de 2,72% para 2,64% ao mês o teto de juros que os bancos podem cobrar nos empréstimos consignados a aposentados e pensionistas do INSS. A taxa começa a valer assim que for publicada no Diário Oficial a resolução do Conselho, o que, segundo o Ministério da Previdência, deve ocorrer até o início da semana que vem.

Para reduzir a taxa, o CNPS usou como argumento a redução da taxa Selic pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central em um ponto porcentual desde fevereiro deste ano (caiu de 13% para 12% ao ano). A última redução nos juros definida pelo CNPS ocorreu em fevereiro deste ano.