A inflação ganhou fôlego no mês de maio em quatro dos nove grupos que compõem o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Houve aumento nas taxas do grupo Alimentação e Bebidas (de 0,31% em abril para 0,62% em maio), Habitação (de 0,75% para 0,81%), Vestuário (de 0,49% para 0,97%) e Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,62% para 0,93%).

Embora tenha desacelerado o movimento de alta, o grupo Despesas Pessoais, no entanto, apareceu em maio com a maior variação, para cima, entre os grupos do índice: de 1,32%. O grupo Educação saiu de uma alta de 0,05% em abril para 0,00% em maio e o de Comunicação, de 0,24% para 0,23% em igual período.

O grupo Artigos de Residência, que já vinha apresentando queda, desacelerou ainda mais em maio, passando de -0,52% para -0,16%. Já o grupo Transportes foi de uma variação positiva de 0,05% para uma deflação de 0,27%.