A inflação na Espanha perdeu força em janeiro, graças aos preços da eletricidade e dos combustíveis. Na estimativa final para o mês, o Instituto Nacional de Estatística (INE) informou que o índice de preços ao consumidor (CPI) espanhol subiu 2,7% em comparação com janeiro do ano passado, menos do que a alta anual de 2,9% registrada em dezembro.

O CPI harmonizado para a União Europeia teve aumento anual 2,8% em janeiro, também menos do que o avanço de 3,0% de dezembro. O índice harmonizado final confirmou os cálculos iniciais, enquanto o dado gerado pela metodologia espanhola foi levemente mais alto do que a estimativa de 2,6% anunciada anteriormente. As informações são da Dow Jones.