enkontra.com
Fechar busca

Economia

economia

Indicador de incerteza da FGV cai 2,1 pontos em março ante fevereiro

  • Por Estadão Conteúdo

O Indicador de Incerteza da Economia Brasileira (IIE-Br) recuou 2,1 pontos na passagem de fevereiro para março, alcançando 109,2 pontos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira, 28. Apesar da queda, o indicador segue acima da média histórica. “A redução desse nível depende de um alinhamento do Congresso com o governo na aprovação de reformas que são necessárias para a recuperação econômica”, diz a FGV, em nota.

O IIE-Br é composto por dois componentes: o IIE-Br Mídia, que faz o mapeamento nos principais jornais da frequência de notícias com menção à incerteza; e o IIE-Br Expectativa, que é construído a partir das dispersões das previsões para a taxa de câmbio e para o IPCA.

Em março, os dois componentes puxaram o IIE-Br para baixo. O componente de Mídia recuou 2,2 pontos entre fevereiro e março, contribuindo com uma redução de 2,0 pontos no resultado agregado. Já o componente de Expectativa recuou 0,5 ponto no mesmo período, tirando 0,1 ponto para o comportamento final do indicador.

A coleta do IIE-Br é realizada pela FGV entre o dia 26 do mês anterior e o dia 24 do mês de referência.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas