O Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) fechou os primeiros dez dias de agosto (decêndio) com deflação (inflação negativa) de 0,01%. No mesmo período de julho a inflação havia sido de 1,55%.

A forte queda foi influenciada principalmente pelo Índice de Preços no Atacado (IPA), que fechou os dez dias do mês em -0,24% depois de ter apresentado variação positiva de 1,97% em igual período de julho.

O Índice de Preços ao Consumidor ficou em 0,007%, depois de ter registrasdo 0,42% no mesmo período de julho, em função, principalmente do item alimentação.; O OPC tem peso de 30% no IGP-M.

O Índice Nacional de Custo da Construção foi de 1,40%, o único da composição do IGP-M a apresentar alta no período. Nos primeiros 10 dias de julho o INCC fechou com alta de 1,38%.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas.