O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 1,02% em maio, depois de avançar 0,85% em abril, informou nesta quarta-feira a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A taxa anunciada ficou dentro das estimativas do mercado financeiro consultadas pelo AE Projeções (de 0,93% a 1,15%) e levemente acima da mediana estimada, de 1,00%.

A FGV informou ainda os resultados dos três indicadores que compõem o IGP-M. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) teve alta de 1,17% no mês, após subir 0,97% em abril. Por sua vez, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apresentou variação de 0,49% no fechamento de maio, depois de registrar elevação de 0,55% no mês passado. Por fim, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 1,30%, ante 0,83% em abril.

Até maio, o IGP-M, índice bastante usado para reajuste de contratos de aluguel, acumula alta de 2,51% no ano e de 4,26% em 12 meses. (