O número de vagas de trabalho geradas com carteira assinada de janeiro a setembro deste ano é recorde para o período. Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados hoje pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o total de vagas geradas no período foi de 2.201.406. “Já nem falo mais em recorde, já estamos vendo isso há algum tempo e estamos acostumados”, disse o ministro Carlos Lupi.

Os melhores nove meses na criação de empregos até então eram os de 2008. Naquele ano, foram gerados de janeiro a setembro 2,086 milhões de postos de trabalho. A meta de Lupi para o ano é a criação de 2,5 milhões de postos de trabalho. Para isso, faltam 298.594 empregos.

“Mantenho a meta porque o resultado de setembro sofreu efeito de sazonalidade. Vamos ter crescimento forte em dois meses, mas queda em dezembro”, previu o ministro. No mês passado, foram gerados 246.875 postos.