O Ibope avalia, na véspera do Dia da Criança, que o consumo com brinquedos em 2012 deve movimentar R$ 6,02 bilhões, um aumento de 14% em relação ao ano passado.

De acordo com o instituto, o maior potencial de consumo é da classe B, que corresponde a 24,45% dos domicílios e deve responder por quase metade dos gastos com brinquedos (46,50%).

A menor parte será das classes D e E, que têm quase a mesma quantidade de domicílios da classe B (20,58%) e responderão por 5,85% do consumo.

Já a classe A, que tem o menor número de domicílios, correspondendo a 2,6% do total, terá um consumo cinco vezes superior ao de sua participação demográfica, respondendo por 13% dos gastos.

CONSUMO ANUAL POR CLASSE
Classe Número de domicílios em área urbana % domicílios Potencial de consumo (R$ milhões) % potencial de consumo
A 1.302.104 2,60 783,91 13,0
B 12.241.533 24,45 2.802,78 46,5
C 26.226.959 52,38 2.087,95 34,6
DE 10.303.381 20,58 352,45 5,8
Brasil 50.073.977 100 6.027,09 100