O governo federal divulgará, em novembro, o edital para licitação de concessão dos 45 primeiros aeroportos regionais no âmbito do pacote de investimentos para a aviação regional, lançado em dezembro de 2012. No total, o pacote prevê investimentos em 270 aeroportos regionais, informou, nesta sexta-feira, 23, o ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Wellington Moreira Franco, que participou do Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex), no Rio de Janeiro.

Moreira Franco não deu detalhes sobre quais aeroportos serão licitados. Garantiu, no entanto, que que há terminais em todas as regiões e que foram escolhidos aeroportos em locais onde já existem rotas e demanda por passageiros. “Os investimentos são, basicamente, em estações de passageiros”, disse o ministro. Além disso, no conjunto dos 45 terminais a serem licitados há necessidade de investimentos em pistas e tecnologia.

Cronograma

Segundo o ministro, há “grande” dificuldade para a execução das obras de infraestrutura nos aeroportos em função da “má qualidade de projetos executivos.” Ele avalia que o problema não é a falta de recursos. “Os recursos vêm do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac). Então não é problema de dinheiro, mas de mobilização em número necessário de volume de técnicos, arquitetos e engenheiros para cumprir essa função”, disse.

Moreira Franco disse ainda que a falta de rigor nos projetos executivos não acontece por “displicência”. “Intervenções da Infraero sofrem mais diretamente as consequências do longo período em que as empresas de projeto, construtoras e a própria profissão de engenharia ficaram desorganizadas.”