Os empréstimos para compras de moradias no Reino Unido cresceram em junho no maior ritmo em sete anos, enquanto a aprovação de novos financiamentos também avançou, sinalizando que o setor imobiliário do país está ganhando força.

Os financiamentos imobiliários tiveram alta de 2,6 bilhões de libras (US$ 4,1 bilhões) em junho, considerando-se o resultado líquido após pagamentos, segundo dados do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês). O aumento foi o maior desde julho de 2008 e se compara a um avanço de 2,4 bilhões de libras em maio.

Além disso, bancos e sociedades de construção aprovaram 66.582 novos empréstimos imobiliários no mês passado, ante uma média de 62.971 aprovações nos últimos seis meses.

Já os empréstimos para consumo subiram 1,2 bilhão de libras em junho, também levando-se em conta o número líquido. Por outro lado, os empréstimos para empresas não financeiras diminuíram 5,5 bilhões de libras, registrando a maior queda numa série histórica iniciada em 2011. Fonte: Dow Jones Newswires.