A indústria paulista criou em agosto 1,5 mil postos de trabalho, segundo dados divulgados hoje pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O resultado corresponde a uma alta de 0,07% na comparação com julho, sem ajuste sazonal, e a uma queda de 0,04% no cálculo com ajuste. De janeiro a agosto, o nível de emprego registrou queda de 2,51%, com o fechamento de 57 mil vagas. Na comparação com agosto de 2008, o indicador teve queda de 8,43%, o que corresponde a 203.500 vagas a menos.

Dos 22 setores nos quais a Fiesp divide a indústria para fazer a pesquisa, 13 registraram contratação no mês, oito demitiram e um manteve o quadro de empregados estável. A indústria de vestuário foi a que mais criou empregos no mês, no total de 2.104 postos de trabalho. Já a indústria de produtos alimentícios foi a que mais demitiu, no total de 2.401 empregados.