As exportações do agronegócio brasileiro registraram um crescimento de 270% nos últimos dez anos, segundo informou hoje o ministro da Agricultura, Wagner Rossi. Ele disse que as vendas brasileiras do setor em 2010 somaram US$ 76,4 bilhões, ante US$ 20,7 bilhões em 2000. “Nos últimos dez anos, a média de aumento das exportações foi de 14% a cada ano”, calculou o ministro, que participa de entrevista coletiva para comentar os dados da balança comercial do agronegócio.

Rossi avaliou que os dados positivos da balança comercial do agronegócio em 2010 são fruto da produção recorde da safra. “Esta safra nos permitiu recorde de exportações em 2010 de todos os tempos”, comentou. Rossi minimizou ainda a influência do câmbio valorizado sobre a comercialização externa brasileira. “Muitos falam que o câmbio amarra, mas a competência do agronegócio brasileiro é tão grande que somos capazes de sair da fazenda com custo razoável para enfrentar dificuldades”, enfatizou.

2011

Rossi estimou que as exportações brasileiras do agronegócio podem alcançar de US$ 84 bilhões a US$ 85 bilhões em 2011. No cálculo, o ministro levou em conta a média anual do crescimento das exportações brasileiras nos últimos dez anos, de 14% ao ano. “Então, esperamos pelo menos 10% de crescimento”, disse. Se for confirmado, o resultado será um novo recorde para o País. Rossi salientou, porém, que o desempenho do agronegócio é muito suscetível às intempéries climáticas.