A execução global do PAC-2 atingiu 47,8% do previsto para o período de 2011 a 2014, o que significa R$ 472,4 bilhões em ações de infraestrutura e desenvolvimento social, segundo informou nesta sexta-feira o Ministério do Planejamento. As execuções foram 31% maiores em 2012 se comparadas a 2011.

Foram concluídos 46,4% dos empreendimentos previstos para todo o período do PAC-2, alcançando um valor de R$ 328,2 bilhões. Em 2012, foram realizados mais de 61% dos recursos, ou R$ 201,2 bilhões, o que é 58,4% maior que 2011, quando o volume de conclusões foi de R$ 127 bilhões.

Até o fim de 2012, foram realizados com recursos do Orçamento Geral da União R$ 39,3 bilhões em pagamentos e empenhos, o que é 40% maior que o mesmo período de 2011. A execução dos recursos do Orçamento nos dois primeiros anos do PAC é 259% superior ao mesmo período do PAC-1.

O valor empenhado cresceu 52% de 2011 para 2012. Foi de R$ 35,4 bilhões para R$ 53,8 bilhões. Já em comparação com os dois primeiros anos do PAC-1, o PAC-2 teve um total empenhado 170% maior, de R$ 89,2 bilhões.