Jovens estudantes do ensino médio participaram, ontem de manhã, no shopping Crystal Plaza, em Curitiba, de palestras sobre empreendedorismo, finanças, marketing, recursos humanos e administração de empresas. O evento foi realizado pela Associação Junior Achievement, que mantém um programa denominado “Miniempresa”, voltado especialmente a crianças e jovens com idade entre 5 e 23 anos.

Segundo o diretor-presidente da Associação, Rubens Kühl, a fase mais rica de aprendizado de uma pessoa é na infância, na adolescência e no início da vida adulta. Assim, o conhecimento que os jovens adquirirem agora poderão ser aproveitados na futura vida profissional. “As atividades promovidas pelo programa vão para o currículo dos jovens como extra-curriculares. As palestras contribuem para que, desde já, eles descubram formas de crescimento e empreendedorismo”, afirma.

Rubens acredita que os jovens não devem ficar à mercê de um mercado de trabalho que, na maioria das vezes, se apresenta bastante concorrido e limitado. Eles devem ter capacidade de encontrar oportunidades e buscar diferenciais.

Jovens

Os adolescentes que assistiram às palestras concordam com o diretor-presidente. “Dentro da Associação, participo de uma miniempresa de fabricação de velas. Aprendo muita coisa sobre como administrar uma empresa. No futuro, pretendo trabalhar com outra coisa, mas sei que sempre vou poder aproveitar o conhecimento que estou adquirindo agora”, diz a estudante do segundo ano do ensino médio, Dayane Mara Segalla, de 16 anos.

Já Paulo Henrique Lachovitz, que cursa o primeiro ano do ensino médio e tem 15 anos de idade, acha que as informações transmitidas durante as palestras podem, no futuro, lhe abrir novas portas. “Quem quer ter um futuro profissional promissor, deve começar a se preparar cedo. O mercado de trabalho é bastante competitivo e todo conhecimento é válido.”