O núcleo das encomendas de maquinário do Japão aumentou mais do que o esperado em abril, uma vez que as empresas de distribuição procuraram comprar mais caminhões, num sinal de que o nível de atividade das empresas pode estar começando a subir. Conforme os dados divulgados hoje pelo Escritório do Gabinete de Governo, o núcleo das encomendas de maquinário – que excluem encomendas de compras de energia elétrica e para embarcações – aumentou 4% em relação ao mês de março.

O resultado superou a mediana das estimativas dos economistas, que era de um crescimento de 1,7%, e marcou o segundo mês consecutivo de elevação, depois da alta de 5,4% em março. A expansão foi puxada principalmente pelo aumento de 15,4% nas encomendas do setor de transporte. As empresas deste setor elevaram as encomendas de caminhões, segundo o governo.

O dado sugere que a recuperação do investimento corporativo está se disseminando para segmentos industriais mais amplos, o que é um bom sinal para a economia japonesa como um todo. De acordo com analistas, empresas de setores como a siderurgia estão ampliando suas capacidades de produção para atender ao crescimento da demanda externa, o que está repercutindo na demanda doméstica. As informações são da Dow Jones.