A taxa de desemprego do Reino Unido caiu a 4,9% no trimestre até maio, de 5% nos três meses até abril, atingindo o menor nível desde 2005, segundo dados publicados hoje pelo Escritório para Estatísticas Nacionais (ONS, na sigla em inglês). A previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal era de estabilidade na taxa, a 5%.

No período até maio, o número de desempregados no país registrou queda de 54 mil. O total de pessoas empregadas, por sua vez, avançou para o nível recorde de 31,7 milhões, informou o ONS.

Já os ganhos dos trabalhadores no Reino Unido, excluindo-se o pagamento de bônus, aumentaram 2,2% nos três meses até maio ante igual período do ano passado. A previsão era de alta um pouco maior, de 2,3%. Fonte: Dow Jones Newswires.