A taxa de desemprego da Austrália avançou para 6,0% em janeiro, acima das as expectativas dos economistas de um aumento para 5,9%. Esse é o maior nível de desemprego no país desde julho de 2003. Em dezembro, a taxa era de 5,8%.

O número de pessoas empregadas caiu 3.700, em comparação com um aumento esperado de 15.000, informou o escritório de estatísticas australiano nesta quarta-feira.

O número de pessoas que trabalham em tempo integral recuou em 7.100 em janeiro, para 7,953 milhões, enquanto aqueles que trabalham em tempo parcial aumentaram em 3.400, para 3,506 milhões. Fonte: Dow Jones Newswires e Market News International.