O Indicador da Demanda das Empresas por Crédito, divulgado nesta terça-feira pela Serasa Experian, apresentou crescimento de 2,1% em abril em relação a abril de 2011. Na comparação com março, foi registrada queda de 8,1%, provocada, segundo a Serasa, pelo menor número de dias úteis (20 em abril contra 22 em março).

Apesar do resultado mensal negativo, a Serasa Experian avalia, em nota distribuída à imprensa, que a busca de crédito por empresas está em trajetória de recuperação. Para fazer esse diagnóstico, a empresa ressalta o crescimento do acumulado no ano, que passou de 0,8% no trimestre encerrado em março para 1,1% no quadrimestre completado em abril.

Os economistas da empresa afirmam que essa melhora está acontecendo porque “os diversos estímulos adotados pelo governo com o intuito de acelerar a atividade econômica estão impulsionando, ainda que gradativamente, a demanda das empresas por crédito, uma vez que estas vão se preparando para um segundo semestre cujo dinamismo econômico tenderá a ser melhor do que o observado nesta primeira metade de 2012”.