Rio de Janeiro – O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) subiu 0,44% em janeiro, mas o aumento foi menor que o de dezembro do ano passado, quando ficou em 0,76%. A diferença entre os dois meses foi de 0,32 ponto percentual. O Sinapi é calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com a Caixa Econômica Federal.

Em comparação com janeiro de 2007, quando ficou em 0,27%, o índice atual foi superior em 0,17 ponto percentual. O acumulado em 12 meses, que já atinge 6,26%, também foi maior que o registrado em janeiro do ano passado (4,96%).

Segundo o Sinapi, o custo nacional por metro quadrado subiu de R$ 605,71, em dezembro, para R$ 608,38 em janeiro, sendo R$ 350,07 correspondentes aos materiais e R$ 258,31 a mão-de-obra.

No mês de janeiro, a evolução da parcela dos materiais (0,67%) ficou um pouco acima da registrada no mês anterior (0,63%). Já a mão-de-obra apresentou uma queda considerada "significativa" pelo IBGE,  passando de 0,94%, em dezembro para 0,13%, em janeiro. Nos últimos 12 meses, os materiais acumularam 5,64% contra 7,12% da mão-de-obra.

De acordo com o índice, a Região Norte teve a maior alta em janeiro (0,69%), seguida pelas Regiões Sudeste (0,48%) e Nordeste (0,45%). O Centro-Oeste (0,35%) e o Sul (0,24%) ficaram abaixo do índice nacional (0,44%).