A produção industrial da Cidade do México cresceu 0,1% na comparação com maio e 0,6% ante junho de 2015, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatísticas local.

O crescimento ficou em linha com a estimativa de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, e representa uma desaceleração frente ao avanço de 0,4% registrado em maio na comparação mensal. Os ganhos foram impulsionados pelo setor de manufatura, construção civil e serviços públicos. O setor de petróleo e mineração contraiu no período.

Dados preliminares do órgão mostram que o Produto Interno Bruto (PIB) do país contraiu 0,3% no segundo trimestre em relação ao terceiro, a primeira queda em três anos, mas subiu 2,4% em relação ao ano passado.

Analistas estimam que o crescimento econômico mexicano deve desacelerar para 2,3% este ano de 2,5% em 2015. Fonte: Dow Jones Newswires.