Companhia energética ficou seis vezes
em primeiro lugar e duas em segundo.

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) foi a marca de grande empresa paranaense mais lembrada pelo público no ano de 2004, segundo as pesquisas do prêmio Top of Mind Paraná. O levantamento é feito pela revista Amanhã, de Porto Alegre e pelo Instituto Bonilha. Os nomes dos vencedores nas diversas categorias foram anunciados ontem, em café da manhã realizado em Curitiba.

O coordenador de marketing da Companhia, Marcus Vinícius Manfrin de Oliveira, recebeu com satisfação o resultado da pesquisa e disse que ele “não poderia vir em ocasião mais oportuna”. A referência foi feita em razão dos 50 anos de existência que a Copel completa nesta terça-feira, dia 26. “Ter sua marca lembrada positivamente pela população é algo que orgulha a Copel, pois indica que a qualidade dos serviços de energia, necessários a ponto de qualquer falha ser imediatamente notada, é reconhecida e está satisfazendo as expectativas dos clientes”, interpretou.

Entre as cinco marcas mais lembradas como grande empresa/marca do Paraná, a Copel teve 11,1% das respostas; Renault 3,0% ; Sanepar 2,6%, Sadia 2,3%; e Coca-Cola 2,2%.

Quatro marcas foram os destaques em categorias especiais: Petrobras foi a mais lembrada para a pergunta “Empresa em que gostaria de trabalhar” 4,4%. O Boticário foi a mais lembrada para a pergunta “Empresa preocupada com o Meio Ambiente” 4,4%. Rede Globo foi a mais lembrada em “Empresa que investe em Cultura” 3,2% e Sadia foi a mais lembrada como “Empresa exportadora” 2,9%.

A marca da década

No Top 10, que é uma análise sobre os dez anos da pesquisa, a Copel também aparece como a marca mais lembrada, pois foi a campeã seis vezes e ficou em segundo lugar duas vezes. Conforme retrospectiva da década preparada pela revista Amanhã, nas primeiras edições do Top of Mind havia um revezamento pela primeira colocação entre a Copel e empresas como Volvo, Renault e Bamerindus, com diferenças sempre apertadas no percentual de citações obtidas.

Em 2001, no entanto, em decorrência da constante exposição da marca nos meios de comunicação por conta do polêmico, combatido e fracassado processo de privatização da Copel, conduzido pelo governo anterior, a estatal foi citada por 26,6% dos entrevistados percentual quase dez vezes maior que o da vice-campeã. “Nos anos seguintes, a história se repetiu com números diferentes, mas o prestígio da marca da Companhia é algo que parece estar definitivamente consagrado”, afirmou Marcus Vinícius.

Nos dez anos de Top of Mind Paraná, oito marcas foram invictas em suas categorias: Coca-Cola (refrigerante), Damasco (café), Todeschini (massa), Sadia (frango), Philips (som e imagem), Mercedes (caminhão), Unimed (plano de saúde) e Gazeta do Povo (jornal).

A pesquisa

O trabalho segue parâmetros estabelecidos pela Associação Brasileira dos Institutos de Pesquisas de Mercado (Abipeme) e toma como base os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a metodologia, o universo do Top of Mind Paraná 2004 foi constituído por pessoas de ambos os sexos, com idades a partir de 18 anos e que representam distintos grupos socioeconômicos. Foram realizadas mil entrevistas, distribuídas em 22 centros consumidores do Estado no período de 31 de agosto a 5 de setembro de 2004.