Boletim divulgado nesta quinta-feira (18) pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) informa que o consumo de energia elétrica subiu 5,4% em 2007, em relação ao ano anterior, e atingiu 376,9 terawatts-hora (um terawatt-hora é igual a um milhão de megawatts-hora). O acréscimo equivale a quatro vezes o consumo de um ano no Distrito Federal.

Os números foram obtidos a partir de pesquisa mensal realizada junto a concessionárias de distribuição (responsáveis pelo fornecimento de 82,9% do total de energia consumida) e consumidores livres ? que gastaram 21,7% do total, basicamente na esfera industrial.

Na avaliação por segmentos, o setor comercial e de serviços foi o que registrou maior crescimento na demanda por energia, de 6,6% em relação a 2006. O boletim cita como justificativas o crescimento da atividade varejista e o maior movimento em aeroportos e portos.

O setor residencial foi marcado no último ano, segundo a EPE, pela incorporação de 1,9 milhão de novos consumidores ? 500 mil provenientes do programa federal Luz Para Todos.

A EPE confirmou ainda que o consumo de energia em 2007 cresceu em todas as regiões, com destaque para Centro-Oeste e Nordeste, que registraram alta de 6,9% e 6,2%, respectivamente. Na Região Sudeste, responsável por 54% do consumo nacional, o acréscimo foi de 5%.

Para este ano, a EPE prevê expansão geral de 5,2% em relação a 2007. ?Espera-se que o comércio siga liderando o crescimento da demanda de energia elétrica?, diz o boletim, que não avalia a influência do aumento do consumo sobre a possibilidade de um racionamento de energia.