A venda de novas cotas de consórcios de veículos automotores registrou alta de 6,5% entre janeiro e novembro do ano passado, em comparação com o mesmo período de 2009. O número de novos consorciados nos 11 primeiros meses do ano de 2010 foi de 1,63 milhão, ante 1,53 milhão de janeiro a novembro de 2009. Os dados foram divulgados hoje pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac).

Com isso, o número total de participantes em consórcios de veículos chegou a 3,36 milhões em novembro de 2010, ante 3,17 milhões em novembro de 2009, o que representa uma alta de 6,0%. Com relação ao número de contemplações, elas totalizaram 806,5 mil de janeiro a novembro do ano passado, ante 754,8 mil no mesmo período de 2009, um crescimento de 6,8%.

Considerando apenas motocicletas e motonetas, segmento que responde por mais de 50% do total de participantes do sistema de consórcios no Brasil, a venda de novas cotas cresceu 1,0% entre janeiro e novembro de 2010, somando 1,08 milhão. O número total de participantes chegou a 2,09 milhões no período, uma alta de 2,5%.

No segmento de veículos leves, houve 21,4% de crescimento no número de novas adesões entre janeiro e novembro na comparação com o mesmo período de 2009. Foram 501 mil novas cotas, ante 412,8 mil nos primeiros 11 meses de 2009. Já no segmento de veículos pesados as novas cotas tiveram um avanço de 11,2% até novembro do ano passado, ante o mesmo período do ano anterior, somando 42,8 mil novas adesões.