A venda de novas cotas de consórcios de imóveis registrou alta de 11,4% entre janeiro e novembro de 2010, na comparação com igual período do ano anterior, somando 209,4 mil unidades, conforme dados divulgados hoje pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac). No período, o valor médio das cotas para a compra de um imóvel subiu 15,6%, passando de R$ 89,442 mil para R$ 103,373 mil.

Em novembro, o segmento registrava 578 mil participantes, indicando expansão de 8% em relação a um ano antes. No acumulado do ano, 61,7 mil pessoas foram contempladas neste segmento, mostrando crescimento de 4,8% ante igual período do ano anterior. Em nota, a entidade observa que a estabilidade econômica e a segurança no emprego justificam o maior volume de novas cotas e a alta no ticket médio no consórcio de imóveis.