O líder do partido de oposição no Reino Unido, David Cameron, afirmou que irá introduzir um imposto aos bancos se vencer as eleições gerais, em 3 de junho. Anteriormente, o Partido Conservador havia dito que estabeleceria o imposto se houvesse um acordo internacional para isso. “Eu posso anunciar hoje que um governo conservador introduzirá um novo imposto para bancos para pagar os contribuintes pelo apoio que deram e para protegê-los no futuro”, disse.

Em discurso, Cameron apresentou planos do partido para ir contra interesses especiais. “Não será popular em todas as partes da City. Mas eu acredito que é justo e necessário”, acrescentou. O Partido Trabalhador apoia a introdução do imposto se houver acordo internacional.

Cameron, líder do Partido Conservador, disse que o novo imposto tem inspiração na proposta do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, designada para recuperar os recursos dos contribuintes utilizados no resgate aos bancos. “Na América, o presidente Obama disse que irá devolver aos contribuintes cada centavo que foi usado. Por que seria diferente aqui?”, completou Cameron. As informações são da Dow Jones.