O paulistano se mostrou mais otimista em fevereiro em relação às condições da economia e o Índice de Confiança do Consumidor (ICC), calculado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), cresceu 3,3%.

O indicador, que é composto pelo Índice de Condições Econômicas Atuais (Icea) e pelo Índice de Expectativa ao Consumidor (IEC), passou de 160,55 pontos em janeiro para 165,85 em fevereiro, em uma escala que varia de 0 a 200 pontos e denota otimismo quando acima dos 100 pontos.

Os dois índices que compõem o ICC também apresentaram alta nos resultados. O Icea mostrou avanço de 6,3%, passando de 156,08 pontos em janeiro para 165,95 em fevereiro. Já o IEC registrou alta de 1,4%, ao passar de 163,54 para 165,78 pontos em fevereiro.