O índice de confiança da zona do euro preliminar de julho caiu para -11,4, de -10,3 em junho, segundo informou a Comissão Europeia em sua pesquisa mensal. Na União Europeia (UE), o índice cedeu para -12,5 em julho, de -11,5 em junho.

A desaceleração do índice na zona do euro sugere que o consumo deve seguir enfraquecido nos próximos meses e pode comprometer o crescimento da região. A confiança dos consumidores é abalada pela taxa de desemprego, que cai lentamente, e pelo enfraquecimento no salário real dos trabalhadores, além das duas elevações das taxas de juro promovidas pelo Banco Central Europeu (BCE) desde abril.

Alguns países da zona do euro ressentem-se também das medidas de austeridades introduzidas por seus governos, incluindo pesados cortes nos investimentos dos governos e aumento de impostos. As informações são da Dow Jones.