Os preços do cobre subiram durante a madrugada e começaram o dia em alta robusta, beneficiados por uma redução dos estoques monitorados pela London Metal Exchange (LME).

Perto das 7h13 (horário de Brasília), o contrato para três meses do metal avermelhado subia 1,69%, a US$ 5.603 a tonelada, na LME. Na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o cobre para julho subia 1,82%, a US$ 2,5400 a libra-peso, às 7h31.

Os movimentos aconteceram após a bolsa londrina anunciar números menores nos estoques graças a um grande volume de pedidos cancelados, o que tirou os estoques dos níveis mais altos desde outubro de 2016, segundo o ING.

“Para mim, este movimento mostra que os estoques continuarão guiando a negociação por algum tempo”, afirmou Carsten Menke, da Julius Baer.

Em relatório a clientes ontem, o Commerzbank afirmou que uma recuperação sustentada do cobre era improvável, embora investidores que especulam com a commodity tenham reduzido suas posições líquidas ao menor patamar em sete meses na semana passada. Fonte: Dow Jones Newswires.