Ao completar 25 anos de atividades no País, o McDonald?s acaba de lançar a segunda edição do seu balanço social. Trata-se de um relatório detalhado de suas ações de cidadania, incluindo a parceria com o Senac – que desde 2001 já certificou o treinamento de mais de 5,3 mil atendentes dos restaurantes – e o McDia Feliz, que em 15 anos já arrecadou mais de R$ 45 milhões para instituições dedicadas à cura do câncer infanto-juvenil, além de ações voltadas para o esporte, meio ambiente, cultura, entre outros.

De acordo com o franqueado Márcio Moreira, dono de quatro restaurantes da rede em Curitiba, a parceria com o Senac é um dos mais importantes. “É uma forma de certificar o funcionário que passa pelo McDonald?s”, aponta Moreira. Para recebê-lo, o atendente precisa cumprir todo o programa de treinamento interno e ser aprovado nas avaliações. O certificado de Técnico em Qualidade e Serviços é entregue depois de 1,5 ano a 2 anos de treinamento. “O jovem tem a oportunidade de sair daqui com o certificado do Senac em mãos e procurar outro emprego, se preferir”, diz.

A rede McDonald?s representa para milhares de jovens brasileiros a porta de entrada do mercado formal de trabalho. Dos 36 mil funcionários, cerca de 75% têm entre 16 e 21 anos.