O governo da Venezuela assinou um contrato de US$ 7,5 bilhões com a China Railway para a construção de 468 quilômetros de ferrovias que vão ligar quatro Estados venezuelanos. Esse é o maior contrato assinado pela Venezuela fora da indústria do petróleo, disse o ministro de Obras Públicas, Diosdado Cabello, em comunicado pela rede de televisão estatal.

O projeto será concluído em três anos e meio, segundo Cabello. A ferrovia vai mudar a face da região central da Venezuela e deve ajudar fazendeiros a reduzir custos de transportes, completou o ministro. Sob gestão do presidente Hugo Chávez, o governo tem procurado desenvolver uma malha ferroviária nacional. A maior parte dos projetos aguarda conclusão. O projeto prevê a criação de 7,5 mil novos empregos. A ferrovia poderá transportar mais de 6 milhões de passageiros por ano. Como parte do contrato, a China Railway concordou com participação de 40% em uma joint venture com o governo da Venezuela para a construção de vagões no território venezuelano. As informações são da Dow Jones.