As exportações na China caíram 18,1% em fevereiro ante o mesmo mês do ano anterior, resultando em um déficit comercial de US$ 22,98 bilhões no mês, segundo dados da Administração Geral das Alfândegas.

O resultado das exportações contrariou as previsões de analistas consultados pela Dow Jones, de uma expansão de 5%. Quanto ao saldo comercial, a expectativa era de um superávit de US$ 11,9 bilhões.

Em janeiro, houve um aumento de 10,6% nas exportações e um superávit comercial de US$ 31,86 bilhões.

As importações subiram 10,1% ante o mesmo mês do ano anterior, em comparação a um aumento de 10% em janeiro. A leitura superou a previsão de um aumento de 7,1%.

Com base na moeda chinesa, as exportações para o mês caíram 20,4% na comparação anual, enquanto as importações subiram 7%. Fonte: Dow Jones Newswires.